Arquivos Mensais: fevereiro 2019

//fevereiro

Em Muriaé, equipamentos auxiliam na luta contra as varizes

Não é de hoje que equipamentos tecnológicos ajudam a medicina na luta contra as doenças cardiovasculares. Porém, dos anos 80 para cá, muito se foi desenvolvido e várias técnicas criadas para combater doenças que causam lesões graves. No caso da cirurgia vascular, equipamentos já garantem procedimentos minimamente invasivos, ou seja, que não necessita de cortes, anestesia na coluna e que o paciente se recupera rapidamente. Para listar alguns dos equipamentos que nos ajudam nessa missão e que são utilizados na Cardiovascular Mastercenter, listamos ferramentas que se tornaram essenciais para a medicina moderna.

Delight: endolaser

O Laser Endovenoso DELIGHT® é um equipamento da moderna tecnologia para o tratamento minimamente invasivo de veias varicosas. Utilizamos fibras óticas radiais, radiais slim e bi-radiais, amplamente conhecidas pela eficácia no tratamento endovascular a LASER, sobretudo nos segmentos varicosos com maior tortuosidade, aumentando ainda mais a segurança e eficácia do procedimento.

Laser ND YAG 1064

Multiplataforma, equipado com LASER Nd-YAG de pulso longo, alta potência e eficácia para tratar lesões vasculares. O handpiece 1064 LongPulse® agrega uma combinação perfeita entre comprimento de onda, densidade de energia e tempo de pulso, garantindo a satisfação nos resultados. Além disso, não possui contra-indicações, risco de complicações ou downtime (ficar afastado das atividades habituais).

Crio System

Utilizamos o aparelho Syberian que tem um forte jato de ar gelado que diminui significativamente a sensação de dor durante o tratamento com LASER e potencializa a ação do medicamento. Em casos selecionados utilizamos um freezer especial que resfria o medicamento a temperaturas negativas, também diminuindo a sensação de dor e potencializando a ação do medicamento.

Ultrassom vascular com onda pura e Doppler Vascular colorido

Utilizamos aparelhos de última geração e alta resolução para mapear o sistema venoso, imprescindível para programar o mais perfeito tratamento. Hoje se faz obrigatório a utilização do ultrassom para guiar procedimentos tais como a aplicação de MICROESPUMA DENSA e a realização do ENDOLASER VENOSO.

Realidade Ampliada

Utilizamos a mais recente geração de visualizadores de vasos com tecnologia de infravermelho que projeta em tempo real a imagem de veias muitas vezes invisíveis ao olho humano. Em nossos tratamentos, utilizamos também o fleboscópio por retroiluminação que, com poderosa luz de LED facilita a visualização de veias e vasinhos, muito útil para diagnósticos.

Freddo CE

Freddo CE é o resfriador para crioescleroterapia. O frio intenso da Crioescleroterapia aumenta a viscosidade do esclerosante injetado e causa potente vasoconstrição no local da aplicação. O aparelho mantém por mais tempo o contato entre o esclerosante e os vasos, aumentando a eficiência do tratamento, além de obter resultados mais rápidos, sem dor e sem riscos de alergia.


2019-02-15T10:17:37-03:0015 de fevereiro de 2019|Notícias|0 Comentários

Dr. Flávio Reis Gouvêa fala sobre as vantagens do tratamento de varizes com espuma

A forma de lidar com as varizes mudou. Antigamente, quando alguém sofria com veias tortuosas, dilatadas e insuficientes devia recorrer a cirurgias longas, mesmo se tratamento de pequenos vasinhos. Hoje, com o auxílio da tecnologia, o tratamento contra as varicosas melhorou e pode ser realizado, na maioria dos casos, no próprio consultório médico. Entre as opções de maior aceitação está a espuma – procedimento minimamente invasivo e de altas chances de sucesso.

“Graças aos avanços da medicina, com técnicas mais eficazes e o uso de equipamentos com tecnologia de última geração, é possível obter resultados excelentes sem necessidade de cortes, sem repouso e sem anestesia na coluna”, revela o cardiologista e cirurgião cardíaco, Dr. Flávio Reis Gouvêa.

Ou seja, sintomas como dores nas pernas, sensação de peso, inchaço, manchas, inflamações, trombose e feridas abertas podem ser evitados graças ao procedimento com a espuma.

“O tratamento das varizes de grande e médio calibre com espuma ecoguiada é uma técnica na qual essas varizes são “secadas” ao invés de serem retiradas cirurgicamente. Nesse tratamento é realizado um planejamento prévio através de um exame de ultrassonografia de onda pura, com doppler colorido, realizando, assim, um mapeamento dos vasos a serem tratados”, explica Dr. Flávio.


O procedimento é realizado com auxílio de ultrassom na própria Cardiovascular Mastercenter, não necessitando de internação hospitalar, de anestesia na coluna, sem cortes, sem riscos de infecção e hemorragias, sem necessidade de repouso, podendo o paciente trabalhar normalmente durante o tratamento. Além disso, a espuma pode ser feita naqueles pacientes que precisam ser tratados e não podem ou não querem se submeter a uma cirurgia ou ainda que passaram por várias cirurgias e apresentam a volta das varizes.

“Os pacientes com úlcera varicosa, tratados com a técnica da microespuma ecoguiada associada aos curativos especiais realizados em nossa clínica, apresentam uma rápida cicatrização da ferida. O tratamento de varizes com espuma pode ser uma ótima alternativa ao procedimento de retirada de varizes”, complementa o cardiologista.

Para entender melhor como funciona o tratamento, confira o vídeo:

2019-02-08T10:48:13-03:008 de fevereiro de 2019|Notícias|0 Comentários

Exames ajudam a preservar a saúde do coração

Não é mistério nenhum que a medida que envelhecemos, o coração precisa de mais cuidados. Por isso, cada vez mais os exames rotineiros têm salvado vidas e se tornado um aliado importante para a preservação da saúde.

O coração é um dos principais motivos de morte no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Cardiologista, a Dra. Mônica Padilha Gouvea é especializada em exames cardíacos e cada dia que passa vê essa terrível realidade ainda mais presente no Brasil. Segundo ela, as consequências de morte por doenças cardiovasculares estão ligadas aos hábitos de vida dos brasileiros, como a má alimentação, sedentarismo, o tabagismo, entre outros.

“Contudo, muitos casos se desenvolvem devido a rejeição das pessoas em realizar os exames cardíacos e avaliações médicas periódicas. Isso contribui para a evolução destas doenças”, salienta.

Para a Dra. Mônica, muitas pessoas têm medo de realizar os exames e descobrir algum problema. Por isso, acabam deixando a saúde em segundo plano e procuram ajuda apenas em casos extremos.

“É exatamente este ponto que quero enfatizar, pois é preferível a pessoa realizar o check-up e descobrir a doença há tempo de se tratar e ficar bem. Se deixar para realizar o tratamento quando a mesma estiver avançada, pode ser tarde demais”, revela a cardiologista.

As probabilidades da cura de uma doença cardíaca aumentam proporcionalmente a medida que ela é descoberta. Algumas têm chances de 95% de serem curadas antes dos sintomas se agravarem.

“O quadro de pessoas que possuem placas de gordura nas artérias que irrigam o coração, por exemplo, se tratadas, não evoluirá para o infarto do miocárdio e, consequentemente, o aumento do coração, que geralmente pode levar ao óbito”, explica a Dra. Mônica.

“Na consulta periódica, realizamos realizamos exames completos. Cada paciente tem uma realidade e por isso contamos com vários procedimentos que auxiliam no acompanhamento”, completa a médica.

Tecnologia a favor do coração

Entre os principais aliados da Cardiovascular Mastercenter no combate das doenças cardíacas está a tecnologia. Com equipamentos de última geração, a clínica consegue avaliar de maneira clara como anda a saúde dos pacientes.

“Ela veio nos ajudar tanto no diagnóstico, quanto no acompanhamento dos pacientes. Por exemplo, com o ecocardiograma, podemos diagnosticar doenças de válvulas cardíacas e acompanhar sua evolução. Com o MAPA, podemos avaliar o tratamento da pressão arterial. Já com o Holter, avaliamos o rimo do coração, se há bloqueios ou até isquemia miocárdica, vendo, inclusive, o horário do ocorrido e se o paciente apresenta sintomas”, salienta Dra. Mônica.

2019-02-18T08:58:03-03:001 de fevereiro de 2019|Notícias|0 Comentários