Arquivos Mensais: maio 2019

Cardiovascular Mastercenter: sua saúde agradece

Clínica de Muriaé tem atraído pacientes graças a inovação e bom atendimento

Dra. Mônica Padilha Gouvêa e Dr. Flávio Reis Gouvêa,

Quando estamos precisando de ajuda, encontrar alguém que entenda do problema e dê total atenção é crucial. Por isso, a Cardiovascular Mastercenter – clínica localizada na cidade de Muriaé, tem chamado a atenção de pessoas da toda a região, além de possuir pacientes de municípios de Estados vizinhos. 

Chefiado pelo cirurgião cardiovascular, Dr. Flávio Reis Gouvêa e a cardiologista e especialista em Exames Cardiológicos, Dra. Monica Padilha Gouvêa, o espaço oferece serviços de Cardiologia, Angiologia e Cirurgia Cardiovascular, com tecnologia de ponta e atendimento humanizado. 

O mais moderno da cardiologia

No âmbito da cardiologia, exames como o ECG Digital, MAPA, Check-up, Holter e Ecocardiograma Transtorácico são os destaque da clínica. Eles servem para acompanhar o ritmo cardíaco, prever complicações cardiovasculares e ainda avaliar o bom funcionamento do Coração. Além disso, o espaço também realiza o acompanhamento de risco cirúrgico, analisando as condições dos pacientes mais graves, que passarão por algum procedimento mais delicado. 

Acompanhando os profissionais nessa batalha para defender a saúde e o bem-estar estão equipamentos sofisticados e de última geração, que oferecem resultados precisos. Isso garante um melhor tratamento, já que todos os equipamentos são digitais e disponibilizam imagens de alta definição que ajudam os médicos a diagnosticar possíveis doenças e tratar enfermidades diagnosticadas. 

“Na consulta periódica, realizamos realizamos exames completos. Cada paciente tem uma realidade e por isso contamos com vários procedimentos que auxiliam no acompanhamento”, revela a Dra. Mônica Padilha Gouvêa. 

Angiologia levada a sério

Você sabe o que faz um angiologista? Esse médico especialista em problemas que acometem os vasos sanguíneos e linfáticos, ajuda a prevenir doenças e evitar complicações. Os médicos da Cardiovascular Mastercenter utilizam procedimentos como o esclero laser, escleroterapia ampliada, crioescleroterapia, tratamento de varizes com espuma e laser transdérmico, além do doppler de carótidas, venoso e arterial.

“A cirurgia de varizes com laser ( ENDOLASER) consiste na passagem de um fino cateter de fibra ótica que conduz os raios laser por dentro das veias, guiados pelo ultrassom”, explica Dr. Flávio Reis Gouvêa.

Além disso, graças a evolução das técnicas aplicadas é possível realizar procedimentos sem cortes, sem anestesia na coluna, sem necessidade de repouso e longo tempo de afastamento do trabalho e ou atividade física, com alta no mesmo dia do procedimento.

Cirurgia cardiovascular e sua evolução

Na década de 1960, a mortalidade associada às cirurgias cardíacas girava em torno de 20%, 30%. Fechar os diagnósticos era demorado e, quando o cirurgião finalmente intervinha, pouco podia fazer. Hoje, a situação mudou tanto que indicar cirurgia cardíaca é procedimento de rotina. Além disso, as técnicas da engenharia e da bioengenharia melhoraram muito. Novos materiais trouxeram enorme benefício à circulação extracorpórea. Tudo isso somado fez com que o índice de mortalidade caísse expressivamente para 4% nos dias de hoje. Nas cirurgias de ponte de safena, por exemplo, o risco está em torno de 1%. Esse grau de segurança possibilita a indicação de cirurgia cardíaca para resolver vários tipos de problemas que poderiam levar à morte. 

A Cardiovascular Mastercenter conta com um dos mais renomados cirurgiões cardiovasculares de toda a região. Dr. Flávio Reis Gouvêa possui milhares de procedimentos em seu currículo e histórico positivo da recuperação de seus paciente. 

Equipamentos de última geração

Como já foi falado, além da eficiência da área médica, a Cardiovascular Mastercenter conta ainda com equipamentos de ponta. O Laser Endovenoso DELIGHT® é um equipamento da moderna tecnologia para o tratamento minimamente invasivo de veias varicosas. Utilizamos fibras óticas radiais, radiais slim e bi-radiais, amplamente conhecidas pela eficácia no tratamento endovascular a LASER, sobretudo nos segmentos varicosos com maior tortuosidade, aumentando ainda mais a segurança e eficácia do procedimento.

Já o Laser ND YAG 1064 é multiplataforma, equipado com LASER Nd-YAG de pulso longo, alta potência e eficácia para tratar lesões vasculares. O handpiece 1064 LongPulse® agrega uma combinação perfeita entre comprimento de onda, densidade de energia e tempo de pulso, garantindo a satisfação nos resultados. Além disso, não possui contra-indicações, risco de complicações ou downtime (ficar afastado das atividades habituais).

O aparelho Cryo System consiste num forte jato de ar gelado que diminui significativamente a sensação de dor durante o tratamento com LASER e potencializa a ação do medicamento. Em casos selecionados utilizamos um freezer especial que resfria o medicamento a temperaturas negativas, também diminuindo a sensação de dor e potencializando a ação do medicamento.

O últrassom vascular com onda pura e o doppler vascular colorido servem para mapear o sistema venoso, imprescindível para programar o mais perfeito tratamento. Hoje se faz obrigatório a utilização do ultrassom para guiar procedimentos tais como a aplicação de MICROESPUMA DENSA e a realização do ENDOLASER VENOSO.

A Cardiovascular Mastercenter utiliza, ainda, a mais recente geração de visualizadores de vasos com tecnologia de infravermelho que projeta em tempo real a imagem de veias muitas vezes invisíveis ao olho humano. Em nossos tratamentos, utilizamos também o fleboscópio por retroiluminação que, com poderosa luz de LED facilita a visualização de veias e vasinhos, muito útil para diagnósticos.

O Freddo CE é o resfriador para crioescleroterapia. O frio intenso da Crioescleroterapia aumenta a viscosidade do esclerosante injetado e causa potente vasoconstrição no local da aplicação. O aparelho mantém por mais tempo o contato entre o esclerosante e os vasos, aumentando a eficiência do tratamento, além de obter resultados mais rápidos, sem dor e sem riscos de alergia.

Graças a todos esses elementos que a Cardiovascular Mastercenter é a mais completa clínica da região. Ainda ficou na dúvida? O espaço possui páginas nas redes sociais, o telefone (32) 3722-9216 e o Whatsapp (32) 98800-9060 para contato.


2019-05-17T08:45:05+00:0017 de maio de 2019|Notícias|0 Comentários

Porque você precisa conhecer a técnica Doppler

Como já dissemos anteriormente, a tecnologia é uma das grandes aliadas da medicina. Atrelada ao aperfeiçoamento do profissional, ela pode oferecer mais comodidade ao paciente e resultados mais precisos. O ultrassom com doppler, também chamado de ecografia com doppler ou eco-doppler colorido, é uma dessas tecnologias que você encontra na Cardiovascular Mastercenter. Ela é um importante exame para avaliar a circulação dos vasos sanguíneos e o fluxo de sangue em um determinado órgão ou região do corpo. Assim, pode ser solicitado pelo médico em casos de suspeita de estreitamento, dilatação ou oclusão de um vaso sanguíneo.

O ultrassom com Doppler é uma ultrassonografia realizada da mesma forma que as outras, porém com um adicional que permite a visualização do fluxo de sangue do determinado local analisando a irrigação e permeabilidade sanguínea.

O ultrassom com Doppler pode ser realizado em diversas regiões do corpo: tireoide, rins, mamas, carótidas, bolsa escrotal, abdome, coração, etc.

O método baseia-se no efeito Doppler, descoberto pelo físico austríaco Johann Doppler, em 1852, que determina a ocorrência de uma alteração da frequência das ondas sonoras percebidas por alguém que se aproxima ou afasta da fonte sonora. Usando este princípio, a ciência transformou isso em imagens, que, hoje, auxiliam a medicina na análise vascular.

Com ela, é possível determinar a velocidade e a direção do fluxo sanguíneo dentro do sistema vascular e das cavidades cardíacas. Vale destacar sua importância para o diagnóstico e o acompanhamento de problemas cardiovasculares.

As imagens serão geradas a partir de um aparelho que se assemelha a uma lanterna e emite ondas sonoras que são novamente captadas como ecos emitidos pelas hemácias. Por fim, o computador as transforma em imagem.

Além disso, para facilitar a leitura, a técnica pode ser realizada em cores, mapeando o fluxo em azul ou vermelho, de acordo com o sentido. O exame dura entre 30 a 60 minutos e não requer nenhuma preparação especial, como a ingestão de contrastes iodados.

A partir da observação de como o sangue flui pelo sistema vascular de diversas áreas do corpo, é possível diagnosticar uma série de patologias cardiovasculares.

Podemos citar doenças nos vasos arteriais, tais como aneurismas e placas ateroscleróticas, e nas veias, como trombose e varizes. Na gestação, o procedimento ajuda a verificar se os principais órgãos fetais estão sendo devidamente irrigados e oxigenados.

Dessa maneira, a ultrassonografia com a Técnica Doppler tem grande importância no acompanhamento da saúde vascular de pacientes com histórico familiar, comportamento de risco ou sintomas associados a possíveis complicações cardiovasculares, como hipertensão, por exemplo.

2019-05-10T07:45:15+00:0010 de maio de 2019|Notícias|0 Comentários

Pé diabético pode ser um tormento para quem vive com a doença

Em qualquer momento que um paciente diabético, na maioria das vezes mal controlado, percebe uma anormalidade no seu pé, seja de sensação, temperatura, cor, deformidade dos ossos do pé ou tecidos dessa região, presença de inflamação ou infecção, estamos diante da possibilidade de um pé diabético. A doença é uma complicação do diabetes mellitus e ocorre quando uma área machucada ou infeccionada nos pés desenvolve uma úlcera (ferida).

O aparecimento do pé diabético pode ocorrer quando a circulação sanguínea é deficiente e os níveis de glicemia são mal controlados. Qualquer ferimento nos pés deve ser tratado rapidamente para evitar complicações que possam levar à amputação do membro afetado.

Entre os sintomas mais comuns estão os formigamentos nos membros inferiores e a sensação de queimação (que tipicamente melhoram com o exercício). A diminuição da sensibilidade pode apresentar-se como lesões traumáticas indolores – às vezes o diabético se machuca, não percebe e essa lesão pode aumentar e infeccionar.

Sabemos que alguns diabéticos tem uma tendência maior de desenvolver problemas nos pés do que outros. Mas alguns fatores vão implicar em maior risco: níveis elevados de glicose e hemoglobina glicada, sinalizando o ruim controle da doença, o que predispõem a mais complicações.

A falta de cuidados com os pés também ocasiona problemas. É importante que o diabético tenha muita atenção ao cortar as unhas dos pés, mantenha-os aquecidos e protegidos sempre, além de escolher sapatos confortáveis.

Muitas pessoas que têm pé diabético não se preocupam em realizar exames nos pés anualmente. Esse é o principal erro de quem quer evitar o problema. Assim como exames em olhos, rins e coração, os pacientes com diabetes precisam realizar exames para os pés pelo menos a cada seis meses.

2019-05-03T07:18:02+00:003 de maio de 2019|Notícias|0 Comentários