Arquivos Mensais: julho 2019

Você pratica atividade física? Então precisa ler isso

Todo mundo fala que para ter uma vida saudável é preciso duas coisas: alimentação balanceada e atividade física regular. Porém, não é só isso que faz com que sua saúde esteja em dia. O excesso e a falta de preparo podem ser grandes inimigos, inclusive, do seu coração. Então, atleta, temos um recado muito importante para você: cuide do seu coração

Uma as coisas mais importantes quando se fala em manter a saúde é o check-up – tanto para quem ainda vai iniciar uma atividade física quanto para aqueles que já praticam.

As avaliações de pré-participação são fundamentais para garantir a segurança da prática esportiva e o principal foco desta avaliação, sem sombra de dúvida, é o aparelho cardiovascular.

Antes de iniciar qualquer tipo de atividade física, é necessária uma boa anamnese médica, que deve ser complementada por um exame clínico e eletrocardiograma de repouso. No caso de pacientes com mais de 35 anos, um teste ergométrico também é necessário.

Um erro comum entre quem pratica alguma atividade física é negligenciar os check-ups periódicos. Muitos passam por exames quando iniciam as atividades e depois não os repetem.

Nosso corpo se adapta a cada ciclo de treinamento. Portanto, mais importante do que avaliar é poder controlar tais modificações fisiológicas.

A palavra check-up vem de uma base de exames capazes de fazer um rastreamento de doenças mais prevalentes, com elevada taxa de morbimortalidade. A adaptação deste check-up ao esporte apresenta uma complementação de exames capazes não só de rastrear doenças, mas de fornecer aos treinadores informações importantes da aptidão física de cada praticante. Quanto mais completo for o check-up, mais dados estes atletas têm para avançar com segurança na prática esportiva.

Na Cardiovascular Mastercenter você realiza seus exames e conta com profissionais capacitados para te acompanhar, seja atleta iniciante ou avançado. Ligue e marque a sua consulta!

2019-07-19T10:15:16+00:0019 de julho de 2019|Notícias|0 Comentários

Homens também podem ter varizes e o não cuidado pode levar a consequências extremas

No próximo dia 15 de julho é comemorado no mundo todo o Dia do Homem. A data, criada para atentar sobre a saúde masculina, não poderia ser mais necessária, já que a maioria dos homens não se cuidam corretamente e só procuram ajuda médica quando o quadro está muito evoluído. Uma das doenças vasculares mais comuns entre os homens são as varizes – isso mesmo, os vasinho que tanto afligem as mulheres também são coisa de homem e se não tratados, podem levar a complicações.

Segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, 30% do sexo masculino pode ter varizes em algum momento da vida. Como já falamos anteriormente em outros artigos, elas podem causar sintomas como dores, sensação de peso ou cansaço nas pernas, acompanhados ou não de inchaço.

O fator familiar é o mais importante para o seu aparecimento — há um caráter genético ainda não bem estabelecido. Com o avanço da idade e o afrouxamento dos tecidos, as varizes tendem a ser mais visíveis mesmo com a presença dos pelos nas pernas. É só nesse momento que o homem, em geral, percebe que tem o problema.

Flebite, já ouviu falar?

A principal complicação das varizes é a flebite – quadro que envolve a formação de trombos dentro das veias dilatadas, sangramento e, em uma fase mais tardia, o surgimento de feridas. Por isso é importante fazer o diagnóstico logo cedo e seguir para o tratamento.

A condição é diagnosticada por um médico — os especialistas que lidam com as varizes são o angiologista e o cirurgião vascular — por meio de um exame físico e, se necessário, a realização de um ultrassom doppler dos membros inferiores, método que permite avaliar melhor a situação e já fazer um planejamento cirúrgico.

Confira o relato de um paciente:

A Cardiovascular é especialista na sua saúde. Ligue agora e marque a sua consulta!

2019-07-12T07:36:43+00:0012 de julho de 2019|Notícias|0 Comentários

Quando devo procurar um angiologista?

Você sabe o que o médico angiologista faz? É ele quem cuida dos vasos sanguíneos, linfáticos, suas doenças e complicações. Essa é uma área delicada e que, muitas vezes, passa despercebida no dia-a-dia, mas que pode trazer complicações muito sérias para os pacientes. 

Sintomas como vasos arroxeados, dor ou dormência na panturrilha são indicativos que é a hora de procurar um angiologista e evitar transtornos maiores para esses sintomas. Cuidar da saúde é muito importante!

Dores nas pernas, câimbras constantes, cansaço e pernas inchadas são outros dos sintomas que indicam que a saúde não está bem e que talvez seja a hora de procurar o especialista. Nem sempre a dor é levada a sério e muitas vezes pessoas preferem evitar procurar um médico, ou se aconselham com um especialista que não está apto a fazer um diagnóstico.

O tratamento de varizes, por exemplo, é importante, porque, além de ser um problema de saúde real e que pode trazer complicações, elas ainda deixam o paciente esteticamente comprometido, causando problemas de autoestima e de autoaprovação.

Além das varizes mais aparentes, os vasinhos também causam sintomas inflamatórios e devem ser tratados. Mesmo sendo um problema sem risco de vida iminente, deve ser levado a sério.

Na hora de procurar um angiologista, veja profissionais capacitados e que podem realmente resolver seus problemas, que  tenham uma equipe preparada para qualquer tipo de tratamento.

Apenas um médico dessa especialidade está apto a realizar diagnósticos e tratamentos. Não use tratamentos caseiros ou tome qualquer tipo de remédio sem uma prescrição médica. Isso pode trazer mais complicações.

2019-07-05T09:49:31+00:005 de julho de 2019|Notícias|0 Comentários