Fatos sobre a trombose que você precisa saber

//Fatos sobre a trombose que você precisa saber

Fatos sobre a trombose que você precisa saber

2019-08-23T13:09:59-03:0023 de agosto de 2019|Notícias|0 Comentários

O que causa a trombose? Quais os tratamentos? Quais cuidados tomar para evitá-la? A Cardiovascular Mastercenter está aqui para te dizer tudo o que você precisa saber sobre a doença. Afinal de contas, existem muitos mitos que precisam ser desfeitos e fatos que você precisa conhecer urgentemente.

Antes de tudo, é importante dizer que a trombose deve ser tratada imediatamente, evitando o avanço da doença. Mas, como descrevê-la? Ela é um quadro crônico que não aparece como as varizes e surge em forma de dor e inchaço, presente apenas em uma perna. Ao constatar qualquer sinal, a orientação é procurar atendimento médico por meio de uma consulta ao cirurgião vascular.

Se não for tratada da forma correta, a trombose pode evoluir para algumas complicações graves. Ela está mais presente em membros inferiores e, se um fragmento desses coágulos se desprender das pernas e ir em direção ao coração, seguido para a circulação pulmonar, pode desenvolver a embolia pulmonar. Esta complicação, que é grave, pode levar à morte. Vale ressaltar que a embolia pulmonar é a terceira principal causa de mortalidade entre as doenças cardiovasculares, atrás do infarto agudo do miocárdio e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Existem tipos de pessoas que possuem propensão à trombose. Isso é um fato! Estão propensos à trombose pacientes com obesidade, gestantes, mulheres que fazem uso de anticoncepcional ou reposição hormonal, que fizeram cirurgias ortopédicas ou oncológicas e ficam em repouso pós-operatório extenso. Há também os que possuem câncer, que também se encontram no grupo de risco. Pessoas acamadas, com sequelas de AVC e que fazem viagens muito demoradas também podem desenvolver trombose.

Os que desejam mudar hábitos para se proteger da doença devem evitar repousos prolongados e fazer atividade física. Os que possuem histórico na família devem procurar um angiologista para um check-up vascular.

O tratamento é feito à base de medicações anticoagulantes. Se o paciente não fizer o tratamento completo pode evoluir com uma síndrome pós-trombótica, o que pode acarretar varizes e úlceras. Junto ao tratamento, é necessário utilizar meias elásticas, pois elas fazem uma compressão graduada da perna, de modo que facilita o escoamento do sangue na mesma.

Quer saber mais sobre assunto? Tem a doença e precisa de cuidados? Então entre em contato conosco através do telefone (32) 3722-9216. Estamos aqui para ajudar!

Deixar Um Comentário