Serviços

//Risco cirúrgico: a importância da avaliação pré-operatória

Risco cirúrgico: a importância da avaliação pré-operatória

2019-05-24T08:41:33+00:0024 de maio de 2019|Notícias|0 Comentários

A Cardiovascular Mastercenter é uma das clínicas mais completas da região. Além do tratamento de varizes e doenças vasculares, também oferecemos o risco cirúrgico para o paciente. Embora muitos não sabia do que se trata o serviço, ele é importantíssimo para o sucesso das cirurgias cardíacas, representando um dos passos primordiais do pré-operatório.

O risco cirúrgico compreende os procedimentos avaliatórios realizados antes do procedimento e quais os cuidados relacionados ao paciente, tudo com o objetivo de garantir a melhor condição de sua saúde para o momento em que ele passar pela intervenção.

Se você está considerando fazer uma cirurgia ou, por alguma questão de saúde, precisará passar por uma intervenção cirúrgica eletiva.

Essa avaliação sofre influência de fatores relacionados à idade, doenças crônicas, histórico familiar do paciente e de características do próprio procedimento cirúrgico ao qual ele será submetido. Por isso, a determinação do risco cirúrgico faz parte de uma avaliação pré-operatória completa e eficiente.

Anamnese (entrevista com o paciente), exames físicos, de diagnóstico e laboratoriais podem ser usados para calcular o risco cirúrgico.

Dependendo do quadro do paciente, qualquer alteração nos resultados pode causar preocupação e estresse, mesmo que não sinalize doença.

E esse estresse pode interferir na evolução após a cirurgia, aumentando o tempo de recuperação e de internação do paciente.

Calcular o risco cirúrgico é importante para diminuir as chances de morte, de sequelas e de complicações após a operação.

Também é essencial na redução de ameaças potenciais durante a cirurgia, principalmente se o paciente integra grupos de risco. Pacientes que realmente se beneficiam desses testes são os que têm fatores de risco, sintomas ou histórico que levantem alguma hipótese de doença.

De maneira geral, a avaliação clínica é a mais relevante antes de uma cirurgia, sendo que outros exames podem ser recomendados para complementar esse diagnóstico.

Dependendo da gravidade da operação, testes simples costumam ser requisitados, em especial aqueles que monitoram o sistema cardiovascular.

Formado por coração e vasos sanguíneos, o aparelho cardiovascular é o mais sobrecarregado durante procedimentos cirúrgicos e, por isso, precisa estar em boas condições. Caso contrário, o médico solicitante pode reagendar ou até cancelar a cirurgia, a fim de não comprometer o estado de saúde do paciente.

Ficou com dúvidas ou quer saber mais sobre o acompanhamento do risco cirúrgico? Então ligue para a nossa clínica e marque uma consulta. O telefone é o (32) 3722-9216.

Deixar Um Comentário